Oláa, que ótimo ter você aqui. Há alguns dias falamos sobre o tema “Revalida: Apenas o conhecimento técnico não é suficiente”, onde destacamos que existem outros critérios a serem atendidos no exame, além do conhecimento técnico científico. Sendo assim, neste artigo, pontuamos as 6 competências e habilidades gerais que as “Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Medicina” (DCNM) exigem e avaliam dos profissionais médicos, que são:

I – Atenção à saúde: desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde, tanto em nível individual quanto coletivo, assegurando que a prática seja realizada de forma integrada e contínua com as demais instâncias do sistema de saúde, sendo capaz de pensar criticamente. Os profissionais devem realizar seus serviços dentro dos mais altos padrões de qualidade e dos princípios da ética/ bioética, tendo em conta que a responsabilidade da atenção à saúde não se encerra com o ato técnico;

II – Tomada de decisões: devem possuir competências e habilidades para avaliar, sistematizar e decidir as condutas mais adequadas, baseadas em evidências científicas;

III – Comunicação: envolve comunicação verbal, não-verbal e habilidades de escrita e leitura. Os profissionais devem ter o domínio de, pelo menos, uma língua estrangeira e de tecnologias de comunicação e informação; serem acessíveis e manter a confidencialidade das informações a eles confiadas, na interação com outros profissionais de saúde e o público em geral;

IV – Liderança: a liderança envolve compromisso, responsabilidade, empatia, habilidade para tomada de decisões, comunicação e gerenciamento de forma efetiva e eficaz, sempre tendo em vista o bem-estar da comunidade;

V – Administração e gerenciamento: fazer o gerenciamento e administração tanto da força de trabalho quanto dos recursos físicos, materiais e de informação;

VI – Educação permanente: mesmo na prática, os profissionais de saúde devem aprender continuamente, ter responsabilidade e compromisso com a sua educação, e possibilitar o treinamento/estágios das futuras gerações de profissionais. Lembre-se, a cada dia surgem novos tratamentos, diagnósticos, tecnologias e medicamentos. E o profissional deve acompanhar todas essas transformações e se manter atualizado.

 

Estas são as 6 competências e habilidades gerais exigidas do profissional de medicina no Brasil, ou seja, é necessário um profissional completo, que seja capaz de desenvolver todas estas habilidades e tenha responsabilidade e compromisso com os demais profissionais, com a sociedade e com ele próprio. Nossa, parece muita exigência né verdade? É verdade, as exigências são muitas, mas são essenciais.

Então, já que você leu este artigo até o final, já está ciente destas habilidades e já pode planejar como desenvolvê-las a partir de hoje, sendo mais responsável no seu trabalho (consultório, hospital), na faculdade, nos estágios e também nas suas horas diárias dedicadas ao seu aprendizado individual.

 

“Aprender significa modificar a conduta e não, simplesmente, acumular conhecimentos. ”

Tomás de Vilanova Monteiro Lopes

 

Fonte: Ministério da Educação, Ministério da Saúde. Matriz de correspondência curricular para fins de revalidação de diplomas de médico obtidos no exterior.

 

Este artigo ajudou você de alguma maneira? Você já era consciente da necessidade de desenvolver estas 6 competências e habilidades? Comente aqui abaixo, ficamos muito felizes com a sua interação. Um abraço e até próximo poste.

Redatora: Gleice Lopes

Visit Us On FacebookVisit Us On InstagramVisit Us On Youtube