Por estarmos cercados de colegas e amigos estudantes de medicina no exterior, ouvimos diversas dúvidas sobre as possibilidades de atuar no Brasil após o término da faculdade de medicina, então, decidimos levantar 05 tópicos que consideramos essenciais para que os estudantes de medicina procurem se informar, mesmo estando ainda na faculdade.

Então vamos lá para as 05 coisas que qualquer aluno de medicina no exterior precisa pesquisar:

 

   1. Quais os processos para revalidar o diploma de medicina do exterior

 

Imaginamos que essa pergunta pode parecer meio retórica, mas ainda existem muitos alunos que saem do Brasil, passam 6 anos estudando no exterior e somente após a formatura, buscam se informar sobre as possibilidades de revalidar o seu diploma estrangeiro. Não cometa este erro! É muito importante buscar informações de todas as possibilidades de revalidar o seu diploma para que consiga se planejar corretamente e saiba escolher qual é a melhor forma para você.

 

  2. Qual o custo financeiro para revalidar o diploma de medicina do exterior

 

Sabemos que no decorrer da faculdade é preciso se preocupar com mensalidades, documentações, moradia, enfim, todos os custos decorrentes de sair de casa para residir em outro local. Mas além destes gastos, é bom ir se planejando financeiramente para o processo de revalidação, seja para custear um curso preparatório para os exames; para pagar as inscrições; análises de documentações ou curso de complementações.

Acreditamos que os valores necessários para revalidar devem ser vistos não como gasto, mas como investimento, então, procure desde cedo colocar o processo de revalidação como uma prioridade no seu planejamento financeiro. Lembrando que prioridade é aquilo que é eleito como o mais importante, ou seja, não deve estar depois daquela “roupinha nova todos os meses” ou depois daquele “chope de todos os finais de semana”, que acabam pesando no “orçamento mensal” e mais ainda no “orçamento anual”. Planeje a sua revalidação financeiramente.

 

3. Quanto tempo é necessário para se preparar para o exame

 

Lembra quando falamos que tem candidatos que só buscam se informar sobre revalidação após a formatura? Então, alguns se surpreendem quando descobrem que os candidatos que foram aprovados na “primeira etapa do Revalida do Inep” levaram em média dois a três anos para serem aprovados. Aí, após 6 anos de faculdade soma-se mais 2 ou 3 anos de preparo para aprovação no exame Revalida do Inep.  Podemos nos arriscar a dizer, que poderiam ter economizado 3 anos à mais de estudo, se simplesmente tivesse iniciado sua preparação antecipadamente, ou seja, a partir do quarto ano da faculdade de medicina, preferencialmente.

 

4. Quais os conteúdos exigidos nos exames para revalidar o diploma

Alguns candidatos acreditam que ser um bom aluno na faculdade basta para ser aprovado. Ser um bom aluno é sempre bom né, mas, se o conteúdo estudado na faculdade não é cobrado no exame que revalida o diploma, podemos dizer que a “aprovação exige mais”, ou seja, ser um bom aluno não basta. Esse, à mais que a faculdade não fornece, que são os conteúdos exigidos nos exames para revalidar, o candidato deve buscar em fontes confiáveis e cursos preparatórios específicos para a prova de revalidação.

 

5.Como são realizados os exames

 

Existe prova teórica? A prova teórica é objetiva ou subjetiva? Como são os comandos das questões? Terei que fazer avaliação prática? Como é realizada a avaliação prática? Sim! Todas essas perguntas devem ser feitas e sanada qualquer dúvida. Após saber como se dá cada etapa, é importante buscar simular cada uma delas, para que o candidato se familiarize com cada situação e consiga sua aprovação. Para que isso seja mais fácil, procure pessoas mais experientes que você, que possam te ajudar nestas etapas.

 

Estas foram as 05 coisas que todo candidato que deseja revalidar o seu diploma estrangeiro precisa buscar. Obter todas essas informações detalhadamente requer tempo e dedicação. Se este artigo ajudou você de alguma maneira, nós ficamos muito felizes, pois o nosso desejo é somar. Grande abraço e continue com a gente!

 

Quality Health Educação Médica

Redatora: Gleice Lopes

 

Visit Us On FacebookVisit Us On InstagramVisit Us On Youtube